jun 122015
 

clockwork_orangeLaranja Mecânica (A Clockwork Orange) de 1971, foi escrito, produzido e dirigido por Stanley Kubrick, adaptado do romance de Anthony Burgess de 1962 com o mesmo nome. Emprega imagens violentas e perturbadoras que estão relacionadas à psiquiatria, delinquência juvenil, gangues de jovens e outros assuntos sociais, políticos e econômicos em uma Inglaterra futurista.

Alex DeLarge (Malcolm McDowell), o protagonista, é um sociopata carismático cujos interesses incluem música clássica (principalmente Beethoven), estupro e ultra violência. Ele lidera uma pequena gangue de arruaceiros (Pete, Georgie e Dim) a quem ele chama de drugues (da palavra russa друг para “amigo”, “camarada”). O filme narra os terríveis crimes de sua gangue, sua captura e a tentativa de reabilitação através do controverso condicionamento psicológico. Alex narra a maioria do filme em Nadsat, gírias adolescentes compostas por corruptelas de idiomas eslavos (principalmente russo), inglês e cockney.

Laranja Mecânica apresenta uma trilha sonora que inclui seleções de música em sua maioria clássica e composições com Moog feitas por Wendy Carlos (então conhecida como Walter Carlos).


A arte do poster icônico de Laranja Mecânica foi criada por Philip Castle com o designer Bill Gold.

A arte do poster icônico de Laranja Mecânica foi criada por Philip Castle com o designer Bill Gold.

Até aonde a imaginação pode se confrontar com a realidade humana? É com essa questão que a análise deste filme pode ser compreendida de forma mais ampla. De que forma essa história de violência, perversidade, rebeldia adolescente pode ser encarada como real, mesmo induzindo temas tão banalizados e surreais (ilegais) do ponto de vista moral da sociedade “perfeita”.

E então, o que faz de Alex o “bandido”? Primeiramente, antes de qualquer julgamento de condutas, deve-se remeter aos aspectos histórico-sociais e culturais ao qual ele estava inserido. Ano de 2050, Inglaterra, governo e igreja exercendo controles sociais de forma altamente punitiva, “olho por olho”. O que dever-se-ia considerar e esperar da adolescência em meio a isso?

Identifica-se nos comportamentos do personagem conflitos antigos referentes à identidade, família, sexualidade, grupo, sociedade, religião, porém, colocados de forma intensificada e explícita para determinados padrões.

E será que a sociedade gosta disto? Por tal fato é que o filme se torna tão perturbador, não por mostrar cenas de estupro ou agressão, mas por identificar em nós mesmos, conflitos que foram sublimados ou desvalorizados, que permanecem em nosso inconsciente e que possivelmente nos fazem sermos tão apáticos a determinadas situação colocadas, o ideal social esperado de um jovem normal; oposto do que foi apresentado por Alex, o ‘delinquente inconsequente’.

Esse é um daqueles filme que te deixam pensando e pensando por semanas, até absorver tudo o que lhe foi mostrado na tela. Criticando a hipocrisia generalizada que toma conta da sociedade, Kubrick é sarcástico na medida certa, e nunca deixa o nível de “Laranja Mecânica” cair. O que temos aqui é a realidade, o retrato da nossa sociedade narcisista e fascista, com alguns toques exagerados que dão a conotação sarcástica ao filme.

Kubrick foi um visionário, e retratou em seu filme o atual estado de loucura em que se encontra o mundo. Com certeza, tudo aquilo mostrado no filme acontece, hoje. É algo mais próximo de nós do que possamos imaginar. O caos é tanto que sociedade e bandido se confundem, têm o mesmo papel e as mesmas atuações. Isso fica claro quando Alex, depois do tratamento, sofre nas mãos dos velhinhos e do escritor, suas antigas vítimas.

Ora… essa mesma sociedade que condena a violência, utiliza-a para vingança. É uma mensagem clara, mas que só um gênio como Kubrick poderia transmiti-la.
Fonte do texto: www.recantodasletras.com.br/resenhasdefilmes

“Laranja Mecânica” é um tapa na cara de TODOS hipócritas.*
Torrent + Legenda: A Clockwork Orange.1971 (1080p)
Observação: No *.zip está incluído o torrent da Trilha Sonora Original – A Clockwork Orange.1971.OST – em MP3.


Sinopse:
No futuro, Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue de delinquentes que matam, roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, ele é usado em experimento destinado a refrear os impulsos destrutivos, mas acaba se tornando impotente para lidar com a violência que o cerca.


Ficha Técnica:

  • Nota IMDb: 8.4
  • Direção: Stanley Kubrick
  • Gênero: Terror
  • Origem: Inglaterra
  • Duração: 136 min.
  • Elenco: Malcolm McDowell, Patrick Magee, Michael Bates

TRAILER:


CURIOSIDADES:

37
A Clockwork Orange.1971
A Clockwork Orange.1971
A.Clockwork.Orange.1971.zip
74.9 KB
37 Downloads
Details

  16 Comentários para “A Clockwork Orange- 1971”

  1. Devemos assistir pelo menos umas 3 ou 4 vezes ao ano, sempre tem um detalhe que deixamos passar.

     
  2. Filme perfeito.. Tive o prazer de vê-lo pela primeira vez no cinema essa semana (Cinemark esta fazendo uma mostra de filmes antigos). Um dos melhores filmes que já vi na vida. Simples assim.

     
  3. Eu respeito por ser um clássico, mas acho chato demais…

     
  4. Lembro de ver este filme pela 1ª vez no cine belas artes, e fiquei fascinado. hj fico orgulhoso do jovem eu ter gostado tanto deste filme, pois nao fui influenciado por nenhuma modinha nem era metido a ser cult. anos depois minha professora de psicologia jurídica nos passou este filme, abordando o condicionamento de comportamento a que o protagonista é submetido. É um filme que marcou minha vida, abriu meus olhos pra arte magnífica que o cinema pode ser. Obrigado Kubrick.

     
    • Esse filme é figurinha carimbada nos cursos de psicologia. Meu professor de psicologia comportamental passou em sala de aula. Ele faz uma crítica sobre a possibilidade dessa engenharia do comportamento humano. No filme, a tentativa de se extinguir o comportamento violento falha. Skinner não explica… Mas quem não falha é o ScaryTorrent. Vale a pena assistir de novo.

       
  5. um dos piores filmes de todos os tempos

    lixo sem valor nenhum, violencia vazia = violencia sem graça

    esse é o filme perfeito para milhões de poser em todo o mundo, mas é uma merda prima

     
  6. simplesmente FABULOSO !! Malcolm McDowell está fantastico!! um filme pra ser visto e revisto inumeras vezes

     
  7. Um dos melhores filmes da história do cinema!

     
  8. Filmaço.

     
  9. A-D-O-R-O! Adoro Kubrick e este é dos filmes top dele.
    Já vi e revi e voltei a ver várias vezes. E é sempre como a primeira vez. De tempos a tempos volto a ele como um bom filho a casa retorna XD
    Não sei porquê mas pensava que já estava postado no blog XD

    Uma nota para a veia literária/poética do Fanzinho nas descrições dos filmes ultimamente. É quase como ler um conto XD
    (Não fica bravo comigo, não é critica negativa XD)

     
  10. Filme obrigatório para quem gosta de cinema.
    O filme é perfeito! O visual retrô-futurista, a trilha sonora do Walter Carlos perfeita, dando uma roupagem moderna às sinfonias de Beethoven, interpretação memorável do Malcolm McDowell e por fim, a crítica voraz a violência das instituições, que por vezes é maior que a violência individual.

     
  11. Tenho muita vontade de ver esse filme e agora vou poder assistir! Muito obrigado mesmo. E não fique incomodado com os comentários sobre você não atender os nossos pedidos. Porque sem eu pedir, você postou esse filme maravilhoso! Obrigado mesmo pelo trabalho!

     
  12. Melhor filme de todos os tempos

     
  13. Esse não é um filme de terror. É um filme de TERROR! Salve Kubrick !

     
  14. Já vi esse filme e devo confessar que foi um dos melhores filmes que já vi na vida. Uma obra prima do gênio Kubrick. A atuação do protagonista está impecável (Como esperado do Malcom). Recomendo a todos. Na verdade, eu acho que todo mundo deveria assistir esse filme.

    Ótimo post! Ótimo mesmo!

    Nick Schmerz

     
  15. filme espanoso.uma obra prima feita 1971.é imortal já o vi varias vezes.é daqueles filmes que nunca vamos esquecer.esta adptado aos nossos dias e já passaram tantos anos. cass

     
error: Content is protected !!