dez 052012
 

Cube – 1997|2004

Os três filmes canadenses: ‘Cube’  de 1997; Cube 2: Hypercube de 2002 e Cube Zero de 2004

RESENHA RESUMIDA:

A trilogia funciona como se fosse uma parábola cuja concavidade está voltada para cima. O que mais chama atenção nesses filmes é o conjunto de referências que se disseminou pelo mundo do cinema de horror e da própria tv. Tais conceitos podem ser extraídos do próprio “big brother” (que na verdade é inspirado na obra 1984) e de filmes posteriores a ele, tais como “resident evil” e “jogos mortais”.

Em resumo, a trilogia se refere a um mosaico de Sci-fi, suspense e horror, onde desconhecidos se encontram em salas semelhantes a cubos, e “teoricamente” devem transitar de uma para outra na tentativa de sair do lugar. O detalhe é que algumas salas estão repletas das mais variadas armadilhas mortais.

Talvez o status cult que alguns atribuem aos filmes resida em alguns questionamentos ora explícitos, ora subliminares e que podem perfeitamente ser extrapolados para a vida fora da tela. Perguntas tais como “o que é o cubo?”, “Por que fui escolhido para estar aqui?” e “Há uma saída?” não passam de questões existencialistas camufladas. Em bom português seriam as habituais “quem somos?” “por que estamos aqui?” e “para onde vamos?”. Além disso o filme expõe a natureza perversa humana que podemos desenvolver em momentos de stress e confinamento. Outro tópico para se debater é “quão influente em nossas vidas o governo pode ser?”

Realmente o primeiro filme da série é muito bom. O segundo é de uma maluquice sem tamanho e talvez seja um deleite para físicos e matemáticos e o terceiro retoma um pouco os princípios originais (principalmente com as cenas de horror das armadilhas), mas peca ao tentar explicar detalhes mínimos do filme original.

Assista o primeiro com gosto e os demais somente por curiosidade.

Resenha na íntegra: Maurício Watanabe

Um arquivo *.zip, com cada um dos filmes + legendas correspondentes.

Torrents+Legendas: The.Cube.trilogy.1997.2002.2004

 


Cubo (Cube) – 1997

Sinopse: O filme conta o sufoco vivido por seis pessoas que são enclausuradas e tentam escapar das armadilhas de um labirinto high-tech.

Ficha Técnica:

  • Direção: Vincenzo Natali
  • Gênero: Terror / Ficção Científica
  • Duração: 90 min.
  • Origem: Canadá
  • Idioma: Inglês
  • Elenco: Nicole de Boer, Maurice Dean Wint, David Hewlett

http://www.youtube.com/watch?v=MY5PkidV1cM


Cubo 2 – Hipercubo (Cube 2: Hypercube) – 2002

Sinopse: Oito pessoas comuns acordam em uma sala aparentemente normal com quatro saídas que, a princípio, parecem idênticas. À medida que vão circulando por este cubo quadrimensional, eles descobrem salas com diferentes tempos e velocidades, e outras com armadilhas mortais. O que eles não sabem é que apenas uma pessoa poderá escapar com vida e descobrir as respostas do hipercubo. Seqüência da premiada produção canadense Cubo, de 1997. Para a criação do filme, as cenas reais foram gravadas com uma tela verde de fundo para, em seguida, serem introduzidas dentro das paredes de um cubo construído em tamanho real.

Ficha Técnica:

  • Direção: Andrzej Sekula
  • Gênero: Terror / Ficção Científica
  • Duração: 95 min.
  • Origem: Canadá
  • Idioma: Inglês
  • Elenco: Kari Matchett, Geraint Wyn Davies, Grace Lynn Kung

 


Cubo Zero (Cube Zero) – 2004

Sinopse: Um grupo de pessoas encontra-se preso dentro de um cubo gigantesco, com diferentes salas. Em cada uma delas, existe uma armadilha mortal. Resta saber quem conseguirá sobreviver. Em um clima de tensão, o operador deste terrivel jogo acaba se envolvendo de perigosa ao tentar resgatar uma jovem inocente que foi colocada lá dentro.

Ficha Técnica:

  • Direção: Ernie Barbarash
  • Gênero: Terror / Ficção Científica
  • Duração: 97 min.
  • Origem: Canadá
  • Idioma: Inglês
  • Elenco: Zachary Bennett, Stephanie Moore, Martin Roach

17
The Cube.1997.2002.2004
The Cube.1997.2002.2004
The.Cube.1997.2002.2004.zip
340.5 KB
17 Downloads
Details

  18 Comentários para “Cube – Trilogy”

  1. Sinistro! O primeiro é o melhor!

     
    • olaa.. adorei o filme mas queria muito que tivesse a continuaçao… bjuu

       
  2. Show de bola esta trilogia, vale a pena assistir!

     
  3. Muito obrigado pelo post!

     
  4. Maratona CUBE

     
  5. Tão bom, tão bom, tão, tão, tão bommmmm…

     
  6. Nunca tinha visto nenhum filme da franquia. Vi o primeiro, nada de excepcional, mas gostei. Gostei principalmente da idéia,q é original, pq filmes de terror hoje em dia sempre giram em torno das mesmas idéias.

     
  7. Aoooooww, q agora tem filme bom demais pra assistir nesse final de semaaaaaaana!!!!!!! Obrigadaço

     
    • Concordo em gênero, número e grau com vc, menina! O pessoal por aqui mandou bem!!

       
  8. O Torrent de CUBO ZERO tá de vento em polpa! Bom demaaaais…

     
  9. Surpreso e feliz porque nunca vi nada dessa franquia, então vou começar pelo primeirão ! Thanks !

     
  10. Me senti como o alvo de bully que tem sua calça abaixada em pleno corredor lotado do colegial! Por essa eu não esperava mesmo D: uahhuauahua…
    Anyway, estou baixando!

     
  11. Obrigada pelo post. Estava ansiosa por ele, assisti ao primeiro Cubo qdo era criança, e fiquei empolgada de revê-los todos. O primeiro é muito bom, lembro que o segundo não achei grande coisa, mas Cubo Zero conseguiu dar a volta por cima e ser bem interessante também. Então, mais uma vez, muito obrigada!

     
  12. Mas bem, CUBO é um excelente filme. A continuação HIPERCUBO é uma droga!!! Tenho os 2 em casa. CUBO ZERO sempre tive vontade de ver, e dizem que é tão bom quanto o 1º, por ser uma espécie de pré-sequência deste!!!

     
  13. Valeu !!

     
  14. Eu assisti recentemente. Confesso que só consegui gostar do primeiro e mesmo assim, não achei lá essas coisas todas. Os outros dois, foram muito ruins. Mas valeu pelo post!

    Nick Schmerz

     
  15. As sequências do filme original são horríveis. O “cubo zero” parece mais um “terrir” que um filme terror / ficção (um dos vilões parece um vilão de história em quadrinhos!!!!). Transformaram algo grandioso como o primeiro filme(que, por sinal, não necessitava de uma sequência) em mais uma destas séries (até agora trilogia) que perderam totalmente o rumo (só para citar um exemplo, “saw”).

     
    • O primeiro não explica nada… por isso deixa o filme interessante. Já a sequencia tenta dar explicações o que acaba fazendo perder a graça!

       
error: Content is protected !!