abr 302015
 

profundo.rosso-3Profondo Rosso (Prelúdio para Matar em português, Deep Red em inglês, conhecido também como The Murders Hatchet), é um filme giallo italiano, escrito e dirigido por Dario Argento, e também co-escrito por Bernardino Zapponi. Foi produzido pelo pai de Argento, Salvatore Argento, e pelo irmão mais novo, Claudio Argento, e a trilha sonora do filme feita pela banda de rock progressivo Goblin. É estrelado por Macha Méril, David Hemmings e Daria Nicolodi.

O filme é primeiro de Argento depois da Trilogia dos Animais, que são:L’uccello dalle piume di cristallo (1970), Il Gatto a Nove Code (1971) e Quattro mosche di velluto grigio (1971). E, depois desse filme, veio Suspiria(1977).

Desde o seu lançamento, Profondo Rosso se tornou um sucesso de crítica e de bilheteria, o tornando um clássico cult.

Título no Brasil: Prelúdio Para Matar
Título Original: Profondo rosso / Deep Red
Ano de Lançamento: 1975
Gênero: Suspense
País: Itália
Duração 126 minutos
Direção Dario Argento

Assista on line (vídeo final do post) ou use o link direto para download: minhateca.com.br/tocando.horror.corp


Após o grande sucesso que ele teve nos cinemas no final da década de setenta foi distribuída em uma edição italiana de baixa qualidade em super 8, não autorizado e encurtado em cerca de 40 minutos. No entanto, esta é uma versão relativamente rara. Um destino semelhante se abateu sobre outros títulos do diretor, como L’uccello dalle piume di cristallo, Quattro mosche di velluto grigio e Suspiria.

No Japão, o filme foi lançado apenas em 1979, quatro anos depois do lançamento italiano, e já que Suspiria foi lançado antes de Profondo Rosso, e estava fazendo um enorme sucesso lá, Profondo Rosso foi intitulado Suspiria Parte 2.

profundo.rosso-1Em 8 de Julho de 2009, organizou uma exibição pública do filme em Piazza Comitê de Turim de Libertação Nacional (cinema nas reuniões noturnas entre David Hemmings e Gabriele Lavia e o primeiro assassinato), na presença de Dario Argento. O músico Claudio Simonetti estava envolvido na trilha sonora ao vivo do filme. O filme foi um enorme sucesso de bilheteria, chegando a recolher nada menos que 2 bilhões 700 milhões de liras, colocando-o em 10 º lugar do filme de maior bilheteria italiana no cinema na temporada de 1974-75.

Argento teve a ideia de Profondo Rosso, assim como outros filmes dele, durante os estágios finais da realização de seu trabalho anterior, nesse caso, em Le cinque giornate. A ideia básica foi que, durante uma sessão de espiritismo, percebe os pensamentos de uma assassina, remontando um rascunho de Quattro mosche di vellutto grigio. Argento trabalhou febrilmente sobre o roteiro, mas, insatisfeito com o resultado, recebeu a ajuda de Bernardino Zapponi, de modo que, no fim, é um roteiro a quatro mãos. Zapponi entrevistados, é creditado com a ideia de que ele queria deixar muito “físico” o horror do filme e amarrá-lo a um contexto “realista” e comum, enquanto Argento atribui para o lado “fantástico” da história (o meio, o Fantasmas da casa de campo, o desenho da parede, o esqueleto na sala emparedada, o desempenho dos assassinatos).

O filme também reflete a situação particular de Argento, que tinha acabado de se separar de Marilù Tolo, com quem viveu por um ano após o divórcio de sua primeira esposa Marisa Casale. Argento lembra que o período foi cheio de criatividade. Além disso, no set das filmagens que sua relação com Daria Nicolodi consolida. A próprio Nicolodi reconhece que, o caráter de Gianna Brezzi, a jornalista que fez no filme, há um pouco de seu verdadeiro caráter e um pouco de Dario Argento jovem, quando ele era um jornalista. Em uma cena do filme, quando Daria Nicolodi entra na casa de David Hemmings é um retrato de uma mulher em um móvel. Ela pergunta quem ela é, e ele responde, lançando respostas evasivas das fotos no lixo. A mulher mostra a foto poderia ser confundido com Marilù Tolo.


TRAILER


ASSISTIR ON LINE

  8 Comentários para “Profondo Rosso – 1975”

  1. Mano do céu! O quê você foi lembrar!?!?
    Muito boa indicação. Vou assistir!
    Abraço!

     
  2. Excelente blog: tem diversos clássicos. Sou fã do Argento, ‘o sangrento’.

     
  3. Como as pessoas falam em ‘clichês’ de filmes, se nem sabem quem os criou?
    Dario Argento merece nosso respeito. Filme importante de se assistir, para quem quer conhecer a obra deste diretor!

     
  4. Este vem pra minha coleção!

     
  5. Muito boa esta obra, embora gostei bem mais de SUSPIRIA, outro Clássico do Argento.

     
  6. valeu pelo post, adoro do Dario Argento.

     
  7. Grande obra do Dario Argento

     
error: Content is protected !!